Translation

(itstool) path: listitem/para
The ports infrastructure should include basic support for Tier 2 architectures sufficient to support building ports and packages. This includes support for basic packages such as ports-mgmt/pkg, but there is no guarantee that arbitrary ports will be buildable or functional.
290/2740
Context English Portuguese (Brazil) State
Tier 1 platforms should be self-hosting either via the in-tree toolchain or an external toolchain. If an external toolchain is required, official binary packages for an external toolchain will be provided. As plataformas de Tier 1 devem ser auto-hospedadas ou por meio de um toolchain disponível na árvore de código fonte ou por meio de um toolchain externo. Se um toolchain externo for necessário, serão fornecidos pacotes binários oficiais para o toolchain externo.
To maintain maturity of Tier 1 platforms, the FreeBSD Project will maintain the following resources to support development: Para manter a maturidade das plataformas de Tier 1, o Projeto FreeBSD manterá os seguintes recursos para apoiar o desenvolvimento:
Build and test automation support either in the FreeBSD.org cluster or some other location easily available for all developers. Embedded platforms may substitute an emulator available in the FreeBSD.org cluster for actual hardware. Suporte à automação do processo de compilação e de testes no cluster FreeBSD.org ou em algum outro local facilmente disponível para todos os desenvolvedores. Plataformas embarcadas podem substituir um emulador disponível no cluster FreeBSD.org por hardware real.
Inclusion in the <userinput>make universe</userinput> and <userinput>make tinderbox</userinput> targets. A inclusão nos targets do <userinput>make universe</userinput> e <userinput>make tinderbox</userinput>.
Dedicated hardware in one of the FreeBSD clusters for package building (either natively or via qemu-user). Hardware dedicado em um dos clusters do FreeBSD para compilação de pacotes (nativamente ou via qemu-user).
Collectively, developers are required to provide the following to maintain the Tier 1 status of a platform: Coletivamente, os desenvolvedores devem fornecer o seguinte para manter o status de Tier 1 de uma plataforma:
Changes to the source tree should not knowingly break the build of a Tier 1 platform. Alterações na árvore de código fonte não devem quebrar conscientemente a compilação de uma plataforma de Tier 1.
Tier 1 architectures must have a mature, healthy ecosystem of users and active developers. As arquiteturas de Tier 1 devem ter um ecossistema maduro e saudável de usuários e desenvolvedores ativos.
Developers should be able to build packages on commonly available, non-embedded Tier 1 systems. This can mean either native builds if non-embedded systems are commonly available for the platform in question, or it can mean cross-builds hosted on some other Tier 1 architecture. Os desenvolvedores devem ser capazes de compilar pacotes em sistemas Tier 1 não-embarcados comumente disponíveis. Isso pode significar compilações nativas se sistemas não-embarcados estiverem normalmente disponíveis para a plataforma em questão, ou significar compilações cruzadas hospedadas em alguma outra arquitetura de Tier 1.
Changes cannot break the userland ABI. If an ABI change is required, ABI compatibility for existing binaries should be provided via use of symbol versioning or shared library version bumps. As alterações não podem quebrar a ABI do usuário. Se for necessária uma alteração da ABI, a compatibilidade da ABI com os binários existentes deve ser provida através do versionamento de símbolos ou do versionamento de bibliotecas compartilhadas.
Changes merged to stable branches cannot break the protected portions of the kernel ABI. If a kernel ABI change is required, the change should be modified to preserve functionality of existing kernel modules. Alterações mescladas em branchs estáveis não podem quebrar as partes protegidas da ABI do kernel. Se for necessária uma alteração da ABI do kernel, ela deverá ser modificada para preservar a funcionalidade dos módulos existentes do kernel.
Tier 2: Developmental and Niche Architectures Tier 2: Arquiteturas de Desenvolvimento e Nicho
Tier 2 platforms are functional, but less mature FreeBSD platforms. They are not supported by the security officer, release engineering, and port management teams. As plataformas de Tier 2 são funcionais, mas são plataformas FreeBSD menos maduras. Elas não são suportadas pelas equipes de segurança, engenharia de release e gerenciamento de ports.
Tier 2 platforms may be Tier 1 platform candidates that are still under active development. Architectures reaching end of life may also be moved from Tier 1 status to Tier 2 status as the availability of resources to continue to maintain the system in a Production Quality state diminishes. Well-supported niche architectures may also be Tier 2. As plataformas Tier 2 podem ser candidatas à plataforma Tier 1 que ainda estão em desenvolvimento ativo. As arquiteturas que atingem o fim da vida útil também podem ser movidas do status de Tier 1 para o status de Tier 2 à medida que a disponibilidade de recursos para continuar a manter o sistema em um estado de Qualidade de Produção diminui. Arquiteturas de nicho bem suportadas também podem ser de Tier 2.
The FreeBSD Project provides the following guarantees to consumers of Tier 2 platforms: O Projeto FreeBSD fornece as seguintes garantias aos consumidores das plataformas de Tier 2:
The ports infrastructure should include basic support for Tier 2 architectures sufficient to support building ports and packages. This includes support for basic packages such as ports-mgmt/pkg, but there is no guarantee that arbitrary ports will be buildable or functional. A infraestrutura de ports deve incluir suporte básico para as arquiteturas de Tier 2 suficiente para suportar a compilação de ports e pacotes. Isso inclui suporte para pacotes básicos, tais como o ports-mgmt/pkg, mas não há garantia de que ports arbitrários serão compiláveis ou funcionais.
New features which are not inherently platform-specific should be feasible on all Tier 2 architectures if not implemented. Novos recursos que não são inerentemente específicos da plataforma devem ser viáveis em todas as arquiteturas de Tier 2 se não implementados.
Tier 2 platforms will be included in the source tree. As plataformas de Tier 2 serão incluídas na árvore de código fonte.
Tier 2 platforms should be self-hosting either via the in-tree toolchain or an external toolchain. If an external toolchain is required, official binary packages for an external toolchain will be provided. As plataformas de Tier 2 devem ser auto-hospedadas ou por meio de um toolchain disponível na árvore de código fonte ou por meio de um toolchain externo. Se um toolchain externo for necessário, serão fornecidos pacotes binários oficiais para o toolchain externo.
Tier 2 platforms should provide functional kernels and userlands even if an official release distribution is not provided. As plataformas de Tier 2 devem fornecer kernels e espaço de usuário funcionais, mesmo que uma release oficial não seja provida.
To maintain maturity of Tier 2 platforms, the FreeBSD Project will maintain the following resources to support development: Para manter a maturidade das plataformas de Tier 2, o Projeto FreeBSD manterá os seguintes recursos para apoiar o desenvolvimento:
Collectively, developers are required to provide the following to maintain the Tier 2 status of a platform: Coletivamente, os desenvolvedores devem fornecer o seguinte para manter o status de Tier 2 de uma plataforma:
Changes to the source tree should not knowingly break the build of a Tier 2 platform. Alterações na árvore de código fonte não devem quebrar conscientemente a compilação de uma plataforma de Tier 2.
Tier 2 architectures must have an active ecosystem of users and developers. As arquiteturas de Tier 2 devem ter um ecossistema ativo de usuários e desenvolvedores.
While changes are permitted to break the userland ABI, the ABI should not be broken gratuitously. Significant userland ABI changes should be restricted to major versions. Embora sejam permitidas alterações que quebrem a ABI do usuário, a ABI não deve ser quebrada gratuitamente. Alterações significativas da ABI do usuário devem ser restritas às versões principais.
New features that are not yet implemented on Tier 2 architectures should provide a means of disabling them on those architectures. Novos recursos que ainda não foram implementados nas arquiteturas de Tier 2 devem fornecer um meio de desativá-los nessas arquiteturas.
Tier 3: Experimental Architectures Tier 3: Arquiteturas Experimentais
Tier 3 platforms have at least partial FreeBSD support. They are <emphasis>not</emphasis> supported by the security officer, release engineering, and port management teams. As plataformas de Tier 3 têm pelo menos suporte parcial ao FreeBSD. Elas <emphasis>não</emphasis> são suportadas pelas equipes de segurança, engenharia de release e de gerenciamento de ports.
Tier 3 platforms are architectures in the early stages of development, for non-mainstream hardware platforms, or which are considered legacy systems unlikely to see broad future use. Initial support for Tier 3 platforms may exist in a separate repository rather than the main source repository. As plataformas de Tier 3 são arquiteturas nos estágios iniciais de desenvolvimento, para plataformas de hardware não convencionais, ou que são considerados sistemas legados improváveis de serem amplamente utilizados no futuro. O suporte inicial para plataformas de Tier 3 pode existir em um repositório separado em vez do repositório de código fonte principal.
The FreeBSD Project provides no guarantees to consumers of Tier 3 platforms and is not committed to maintaining resources to support development. Tier 3 platforms may not always be buildable, nor are any kernel or userland ABIs considered stable. O Projeto FreeBSD não oferece garantias aos consumidores das plataformas de Tier 3 e não está comprometido em manter recursos para apoiar o seu desenvolvimento. As plataformas de Tier 3 nem sempre podem ser compiláveis, nem quaisquer ABIs do kernel ou de usuário são consideradas estáveis.
Tier 4: Unsupported Architectures Tier 4: Arquiteturas Não Suportadas

Loading…

The ports infrastructure should include basic support for Tier 2 architectures sufficient to support building ports and packages. This includes support for basic packages such as ports-mgmt/pkg, but there is no guarantee that arbitrary ports will be buildable or functional.
A infraestrutura de ports deve incluir suporte básico para as arquiteturas de Tier 2 suficiente para suportar a compilação de ports e pacotes. Isso inclui suporte para pacotes básicos, tais como o ports-mgmt/pkg, mas não há garantia de que ports arbitrários serão compiláveis ou funcionais.
11 months ago
Browse all component changes

Glossary

English Portuguese (Brazil)
No related strings found in the glossary.

Source information

Source string comment
(itstool) path: listitem/para
Source string location
article.translate.xml:4178
String age
12 months ago
Source string age
12 months ago
Translation file
articles/pt_BR/committers-guide.po, string 763