Translation

(itstool) path: section/para
Then, ascertain whether the problem is timely. There are few things that will annoy a developer more than receiving a problem report about a bug she has already fixed.
177/1670
Context English Portuguese (Brazil) State
This document attempts to describe how to write good problem reports. What, one asks, is a good problem report? Well, to go straight to the bottom line, a good problem report is one that can be analyzed and dealt with swiftly, to the mutual satisfaction of both user and developer.
Este documento tenta descrever como escrever bons relatórios de problemas. O que, alguém pergunta, é um bom relatório de problemas? Bem, para ir diretamente para ao ponto, um bom relatório de problema é aquele que pode ser analisado e tratado rapidamente, para a satisfação mútua do usuário e do desenvolvedor.
Although the primary focus of this article is on FreeBSD problem reports, most of it should apply quite well to other software projects.
Embora o foco principal deste artigo esteja nos relatórios de problemas do FreeBSD, a maioria das recomendações deve se aplicar muito bem a outros projetos de software.
Note that this article is organized thematically, not chronologically. Read the entire document before submitting a problem report, rather than treating it as a step-by-step tutorial.
Observe que este artigo é organizado por temas, não de uma forma cronológica. Leia todo o documento antes de enviar um relatório de problemas, em vez de tratá-lo como um tutorial passo a passo.
When to Submit a Problem Report
Quando Enviar um Relatório de Problemas
There are many types of problems, and not all of them should engender a problem report. Of course, nobody is perfect, and there will be times when what seems to be a bug in a program is, in fact, a misunderstanding of the syntax for a command or a typographical error in a configuration file (though that in itself may sometimes be indicative of poor documentation or poor error handling in the application). There are still many cases where submitting a problem report is clearly <emphasis>not</emphasis> the right course of action, and will only serve to frustrate both the submitter and the developers. Conversely, there are cases where it might be appropriate to submit a problem report about something else than a bug—an enhancement or a new feature, for instance.
Existem muitos tipos de problemas, e nem todos devem gerar um relatório de problemas. Naturalmente, ninguém é perfeito, e haverá momentos em que o que parece ser um bug em um programa é, na verdade, um equívoco na sintaxe de um comando ou um erro tipográfico em um arquivo de configuração (embora isto por si só possa ser um indicativo de uma documentação deficiente ou de deficiências no manuseio de erros pelo aplicativo). Existem ainda muitos casos em que submeter um relatório de problema claramente <emphasis>não</emphasis> é o curso de ação correto, e só servirá para frustrar tanto o usuário e quanto o desenvolvedor. Por outro lado, existem casos em que pode ser apropriado enviar um relatório de problema sobre algo diferente de um bug - tal como um aprimoramento ou um novo recurso, por exemplo.
So how does one determine what is a bug and what is not? As a simple rule of thumb, the problem is <emphasis>not</emphasis> a bug if it can be expressed as a question (usually of the form <quote>How do I do X?</quote> or <quote>Where can I find Y?</quote>). It is not always quite so black and white, but the question rule covers a large majority of cases. When looking for an answer, consider posing the question to the <link xlink:href="http://lists.FreeBSD.org/mailman/listinfo/freebsd-questions">FreeBSD general questions mailing list</link>.
Então, como se determina o que é um bug e o que não é? Como uma regra simples, o problema <emphasis>não</emphasis> é um bug se ele puder ser expresso como uma pergunta (geralmente na forma <quote>Como faço X?</quote> ou <quote>Onde posso encontrar Y?</quote>). Nem sempre é tão preto e branco, mas a regra da pergunta cobre a grande maioria dos casos. Ao procurar por uma resposta, considere colocar a questão na <link xlink:href="http://lists.FreeBSD.org/mailman/listinfo/freebsd-questions">lista de discussão de perguntas gerais sobre o FreeBSD</link>.
Consider these factors when submitting PRs about ports or other software that is not part of FreeBSD itself:
Considere estes fatores ao enviar PRs sobre ports ou outros softwares que não fazem parte do próprio FreeBSD:
Please do not submit problem reports that simply state that a newer version of an application is available. Ports maintainers are automatically notified by <application>portscout</application> when a new version of an application becomes available. Actual patches to update a port to the latest version are welcome.
Por favor, não envie relatórios de problemas que simplesmente afirmam que uma versão mais nova de um aplicativo está disponível. Os mantenedores de ports são notificados automaticamente pelo <application>portscout</application> quando uma nova versão de um aplicativo fica disponível. Patches para atualizar um port para uma versão mais recente do software são sempre bem-vindos.
For unmaintained ports (<varname>MAINTAINER</varname> is <literal>ports@FreeBSD.org</literal>), a PR without an included patch is unlikely to get picked up by a committer. To become the maintainer of an unmaintained port, submit a PR with the request (patch preferred but not required).
Para ports não mantidos (O seu <varname>MAINTAINER</varname> é <literal>ports@FreeBSD.org</literal>), é improvável que um PR que não tenha um patch incluído seja escolhido para ser trabalhado por um committer. Para se tornar o mantenedor de um port não mantido, envie um PR com o pedido (será ótimo se o pedido vier com um patch, mas isso não é obrigatório).
In either case, following the process described in <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/books/porters-handbook/port-upgrading.html">Porter's Handbook</link> will yield the best results. (You might also wish to read <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/articles/contributing/ports-contributing.html">Contributing to the FreeBSD Ports Collection</link>.)
Em ambos os casos, seguir o processo descrito no <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/books/porters-handbook/port-upgrading.html">Porter's Handbook</link> produzirá os melhores resultados. (Você também pode desejar ler a seção <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/articles/contributing/ports-contributing.html">Contribuindo para a Coleção de Ports do FreeBSD</link>.)
A bug that cannot be reproduced can rarely be fixed. If the bug only occurred once and you cannot reproduce it, and it does not seem to happen to anybody else, chances are none of the developers will be able to reproduce it or figure out what is wrong. That does not mean it did not happen, but it does mean that the chances of your problem report ever leading to a bug fix are very slim. To make matters worse, often these kinds of bugs are actually caused by failing hard drives or overheating processors — you should always try to rule out these causes, whenever possible, before submitting a PR.
Um bug que não pode ser reproduzido raramente pode ser corrigido. Se o bug ocorreu apenas uma vez e você não pode reproduzi-lo, e não parece acontecer com mais ninguém, é muito provável que nenhum dos desenvolvedores consiga reproduzi-lo ou descobrir o que está errado. Isso não significa que isso não tenha acontecido, mas significa que as chances do seu relatório de problema levar à correção do bug são muito pequenas. Para piorar, muitas vezes esses tipos de bugs são causados por discos rígidos com defeito ou por processadores superaquecidos - sempre que possível você deve tentar descartar essas causas antes de enviar um PR.
Next, to decide to whom you should file your problem report, you need to understand that the software that makes up FreeBSD is composed of several different elements:
Em seguida, para decidir para quem você deve enviar seu relatório de problema, você precisa entender que o software que compõe o FreeBSD é composto por vários elementos diferentes:
Code in the base system that is written and maintained by FreeBSD contributors, such as the kernel, the C library, and the device drivers (categorized as <literal>kern</literal>); the binary utilities (<literal>bin</literal>); the manual pages and documentation (<literal>docs</literal>); and the web pages (<literal>www</literal>). All bugs in these areas should be reported to the FreeBSD developers.
Código no sistema base que é escrito e mantido por contribuidores do FreeBSD, como o kernel, a biblioteca C e os drivers de dispositivo (categorizados como <literal>kern</literal>); os utilitários binários (<literal>bin</literal>); as páginas de manual e documentação (<literal>docs</literal>); e as páginas web (<literal>www</literal>). Todos os erros nestas áreas devem ser reportados aos desenvolvedores do FreeBSD.
Code in the base system that is written and maintained by others, and imported into FreeBSD and adapted. Examples include <citerefentry><refentrytitle>clang</refentrytitle><manvolnum>1</manvolnum></citerefentry>, and <citerefentry><refentrytitle>sendmail</refentrytitle><manvolnum>8</manvolnum></citerefentry>. Most bugs in these areas should be reported to the FreeBSD developers; but in some cases they may need to be reported to the original authors instead if the problems are not FreeBSD-specific.
Código no sistema base que é escrito e mantido por outras pessoas, o qual é importado e adaptado para o FreeBSD. Exemplos incluem o <citerefentry><refentrytitle>clang</refentrytitle><manvolnum>1</manvolnum></citerefentry> e o <citerefentry><refentrytitle>sendmail</refentrytitle><manvolnum>8</manvolnum></citerefentry>. A maioria dos bugs nessas áreas deve ser reportada aos desenvolvedores do FreeBSD; mas em alguns casos eles podem precisar ser relatados aos autores originais se os problemas não forem específicos do FreeBSD.
Individual applications that are not in the base system but are instead part of the FreeBSD Ports Collection (category <literal>ports</literal>). Most of these applications are not written by FreeBSD developers; what FreeBSD provides is merely a framework for installing the application. Therefore, only report a problem to the FreeBSD developers when the problem is believed to be FreeBSD-specific; otherwise, report it to the authors of the software.
Aplicativos individuais que não estão no sistema base, mas que são parte da coleção de ports do FreeBSD (categoria <literal>ports</literal>). A maioria desses aplicativos não são escritos por desenvolvedores do FreeBSD; o que o FreeBSD fornece é meramente um framework para instalar o aplicativo. Portanto, apenas relate um problema para os desenvolvedores do FreeBSD quando o problema for considerado específico do FreeBSD; caso contrário, informe aos autores do software.
Then, ascertain whether the problem is timely. There are few things that will annoy a developer more than receiving a problem report about a bug she has already fixed.
Em seguida, verifique se o problema é oportuno. Há poucas coisas que incomodarão mais um desenvolvedor do que receber um relatório de problemas sobre um bug que ele já corrigiu.
If the problem is in the base system, first read the FAQ section on <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/books/faq/introduction.html#LATEST-VERSION">FreeBSD versions</link>, if you are not already familiar with the topic. It is not possible for FreeBSD to fix problems in anything other than certain recent branches of the base system, so filing a bug report about an older version will probably only result in a developer advising you to upgrade to a supported version to see if the problem still recurs. The Security Officer team maintains the <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/security/">list of supported versions</link>.
Se o problema estiver no sistema base, primeiro leia a seção <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/books/faq/introduction.html#LATEST-VERSION"> Versões do FreeBSD</link> do FAQ, se você ainda não estiver familiarizado com o tópico. Não é possível para o FreeBSD consertar problemas em nada além de certas branchs recentes do sistema base, de forma que enviar um relatório de bug sobre uma versão mais antiga provavelmente resultará em um desenvolvedor aconselhando você a atualizar para uma versão suportada para ver se o problema ainda continua ocorrendo. A equipe do Security Officer mantém a <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/security/">lista das versões suportadas </link>.
If the problem is in a port, consider filing a bug with the upstream. The FreeBSD Project can not fix all bugs in all software.
Se o problema estiver em um port, considere submeter o bug para o upstream. O Projeto FreeBSD não pode corrigir todos os erros em todos os softwares.
Preparations
Preparativos
A good rule to follow is to always do a background search before submitting a problem report. Maybe the problem has already been reported; maybe it is being discussed on the mailing lists, or recently was; it may even already be fixed in a newer version than what you are running. You should therefore check all the obvious places before submitting your problem report. For FreeBSD, this means:
Uma boa regra a seguir é sempre fazer uma pesquisa sobre o tema antes de enviar um relatório de problemas. Talvez o problema já tenha sido relatado anteriormente; talvez esteja sendo discutido nas listas de discussão, ou foi discutido recentemente; pode até mesmo já estar corrigido em uma versão mais recente da que você está executando. Portanto, você deve verificar todos os lugares óbvios antes de enviar seu relatório de problemas. Para o FreeBSD, isso significa:
The FreeBSD <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/books/faq/index.html">Frequently Asked Questions</link> (FAQ) list. The FAQ attempts to provide answers for a wide range of questions, such as those concerning <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/books/faq/hardware.html">hardware compatibility</link>, <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/books/faq/applications.html">user applications</link>, and <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/books/faq/kernelconfig.html">kernel configuration</link>.
A lista das <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/books/faq/index.html">Perguntas Mais Freqüentes</link> (FAQ) sobre o FreeBSD. A FAQ tenta fornecer respostas para uma ampla variedade de perguntas, como aquelas relacionadas à <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/books/faq/hardware.html">compatibilidade de hardware </link>, <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/books/faq/applications.html"> aplicativos de usuário</link> e <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/books/faq/kernelconfig.html"> configuração do kernel</link>.
The <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/books/handbook/eresources.html#ERESOURCES-MAIL">mailing lists</link>—if you are not subscribed, use <link xlink:href="https://www.FreeBSD.org/search/search.html#mailinglists">the searchable archives</link> on the FreeBSD web site. If the problem has not been discussed on the lists, you might try posting a message about it and waiting a few days to see if someone can spot something that has been overlooked.
As <link xlink:href="@@URL_RELPREFIX@@/doc/en_US.ISO8859-1/books/handbook/eresources.html#ERESOURCES-MAIL">listas de discussão</link> - se você não está inscrito, faça uma pesquisa nos arquivos <link xlink:href="https://www.FreeBSD.org/search/search.html#mailinglists">históricos das listas</link> no site do FreeBSD. Se o problema não tiver sido discutido nas listas, você pode tentar postar uma mensagem sobre ele e aguardar alguns dias para ver se alguém consegue detectar algo que foi esquecido.
Optionally, the entire web—use your favorite search engine to locate any references to the problem. You may even get hits from archived mailing lists or newsgroups you did not know of or had not thought to search through.
Opcionalmente, na web toda - use seu mecanismo de pesquisa favorito para localizar qualquer referência ao problema. Você pode até receber hits de listas de discussão arquivadas ou grupos de notícias que você não conhecia ou que não pensou em pesquisar.
Next, the searchable <link xlink:href="https://bugs.freebsd.org/bugzilla/query.cgi">FreeBSD PR database</link> (Bugzilla). Unless the problem is recent or obscure, there is a fair chance it has already been reported.
Em seguida, faça uma pesquisa no <link xlink:href="https://bugs.freebsd.org/bugzilla/query.cgi">banco de dados de Relatórios de Problemas do FreeBSD</link> (Bugzilla). A menos que o problema seja recente ou obscuro, há uma boa chance de que ele já tenha sido relatado.
Most importantly, attempt to see if existing documentation in the source base addresses your problem.
Mais importante ainda, tente verificar se a documentação existente não endereça o seu problema.
For the base FreeBSD code, you should carefully study the contents of <filename>/usr/src/UPDATING</filename> on your system or the latest version at <uri xlink:href="https://svnweb.freebsd.org/base/head/UPDATING?view=log">https://svnweb.freebsd.org/base/head/UPDATING?view=log</uri>. (This is vital information if you are upgrading from one version to another—especially if you are upgrading to the FreeBSD-CURRENT branch).
Para o código fonte do FreeBSD, você deve estudar cuidadosamente o conteúdo do <filename>/usr/src/UPDATING</filename> em seu sistema ou a última versão disponível em <uri xlink:href="https://svnweb.freebsd.org/base/head/UPDATING?view=log"> https://svnweb.freebsd.org/base/head/UPDATING?view=log</uri>. (Esta é uma informação vital se você estiver atualizando de uma versão para outra - especialmente se você estiver atualizando para a Branch FreeBSD-CURRENT).
However, if the problem is in something that was installed as a part of the FreeBSD Ports Collection, you should refer to <filename>/usr/ports/UPDATING</filename> (for individual ports) or <filename>/usr/ports/CHANGES</filename> (for changes that affect the entire Ports Collection). <uri xlink:href="https://svnweb.freebsd.org/ports/head/UPDATING?view=log">https://svnweb.freebsd.org/ports/head/UPDATING?view=log</uri> and <uri xlink:href="https://svnweb.freebsd.org/ports/head/CHANGES?view=log">https://svnweb.freebsd.org/ports/head/CHANGES?view=log</uri> are also available via svnweb.
No entanto, se o problema estiver em algo que foi instalado como parte da coleção de ports do FreeBSD, você deve consultar <filename>/usr/ports/UPDATING</filename> (para ports individuais) ou <filename>/usr/ports/CHANGES</filename> (para alterações que afetam toda a coleção de ports). O <uri xlink:href="https://svnweb.freebsd.org/ports/head/UPDATING?view=log">https://svnweb.freebsd.org/ports/head/UPDATING?view=log</uri> e o <uri xlink:href="https://svnweb.freebsd.org/ports/head/CHANGES?view=log">https://svnweb.freebsd.org/ports/head/CHANGES?view=log</uri> também estão disponíveis via svnweb.
Writing the Problem Report
Escrevendo o Relatório do Problema
Now that you have decided that your issue merits a problem report, and that it is a FreeBSD problem, it is time to write the actual problem report. Before we get into the mechanics of the program used to generate and submit PRs, here are some tips and tricks to help make sure that your PR will be most effective.
Agora que você decidiu que seu problema merece um relatório de problema e que ele é um problema especifico do FreeBSD, é hora de escrever o relatório de problema. Antes de entrarmos na mecânica do sistema utilizado para gerar e enviar os PRs, aqui estão algumas dicas e truques para ajudar a garantir que seu o PR seja mais eficaz.
Tips and Tricks for Writing a Good Problem Report
Dicas e Truques para Escrever um Bom Relatório de Problemas
<emphasis>Do not leave the <quote>Summary</quote> line empty.</emphasis> The PRs go both onto a mailing list that goes all over the world (where the <quote>Summary</quote> is used for the <literal>Subject:</literal> line), but also into a database. Anyone who comes along later and browses the database by synopsis, and finds a PR with a blank subject line, tends just to skip over it. Remember that PRs stay in this database until they are closed by someone; an anonymous one will usually just disappear in the noise.
<emphasis>Não deixe a linha <quote>Summary</quote> vazia. </emphasis>Os PRs são enviados para listas de discussão no mundo todo (onde o <quote>Summary</quote> é usado para a linha de <literal>Subject:</literal>), além de serem armazenadas em um banco de dados. Qualquer pessoa que vier a navegar no banco de dados pelas sinopses, e encontrar um PR com a linha de assunto em branco, tende a pulá-lo. Lembre-se que os PRs permanecem na base de dados até que sejam fechados por alguém; os anônimos normalmente irão desaparecer em meio ao ruído.

Loading…

No matching activity found.

Browse all component changes

Glossary

English Portuguese (Brazil)
No related strings found in the glossary.

Source information

Source string comment
(itstool) path: section/para
Labels
No labels currently set.
Source string location
article.translate.xml:194
Source string age
11 months ago
Translation file
articles/pt_BR/problem-reports.po, string 30